FALE CONOSCO: (67) 3409 1234

Copasul - Cooperativa Agrícola Sul MatoGrossense
Download NFe/XML Webmail

Soja inicia semana em alta na Bolsa de Chicago e foca clima nos EUA

29, Jul de 2019
Voltar

Do Site Notícias Agrícolas

 

Preços da soja em alta na manhã desta segunda-feira (29) na Bolsa de Chicago. Por volta de 7h40 (horário de Brasília), as cotações subiam entre 5 e 5,25 pontos, com o agosto valendo US$ 8,88 e o novembro, US$ 9,06 por bushel. O mercado inicia a semana se posicionando, após a especulação intensa da semana anterior. Ainda assim, enfrenta novos dias de uma série de fatores em aberto.

 

Um dos principais pontos de atenção nesta semana será o encontro pessoal que acontece na China entre líderes americanos e chineses para retomar as negociações em torno do conflito comercial. A disputa já dura mais de um ano e que mudou completamente a dinâmica do mercado global de soja.

 

Os países buscam um acordo, mas se sabe que o caminho ainda é bastante longo. O presidente Donald Trump, durante a semana, mais uma vez fez declarações sobre a nação asiática e afirmou que não acredita que um consenso seja alcançado na reunião dos próximos dias.

 

Paralelamente, foco no clima no Corn Belt e no desenvolvimento das lavouras norte-americanas. As condições ainda são bastante irregulares e há regiões de produção onde o cenário de falta de chuvas de mais de 10 dias já traz mais preocupações ainda sobre a qualidade da soja e do milho.

 

“Embora o oeste e norte do Corn Belt estejam melhorando, parte das áreas de Illinois e Indiana continuam precisando urgentemente de chuvas”, diz o diretor do Grupo Labhoro, Ginaldo Sousa.

 

A expectativa do mercado para o boletim semanal de acompanhamento de safras que o USDA (Departamento de Agricultura dos Estados Unidos) traz no final da tarde de hoje, após o fechamento do pregão, indica o índice de lavouras de soja em boas ou excelentes condições em 53%, contra 54% da semana anterior e 67% de média dos últimos cinco anos. O relatório chega às 17h (de Brasília).